Blog

10 erros comuns na hora de fazer networking em eventos

Você já deve ter ouvido falar que quem tem um bom amigo, tem tudo. Pois é. Isso vale para os relacionamentos pessoais e também os profissionais. Assim como muitos empreendedores, participo de vários eventos sociais, empresariais ou eventos voltados a fazer exclusivamente networking.

De um tempo para cá, começei a observar como as pessoas se portam nesses eventos, que ao meu ver, são raras oportunidades de se fazer um bom contato comercial. Lembre-se: o cliente que você quer atender, já é cliente de alguém... E esse alguém pode estar alí do seu lado, basta saber aproveitar a oportunidade.
Separei aqui 10 erros comuns que já observei em eventos de networking. Veja se você identifica alguns delas.

1 – Apostar na quantidade e não na qualidade

Não adianta voltar para casa com o bolso cheio de cartões se depois esta base de dados não for devidamente trabalhada. Procure estudar melhor sua abordagem para que este momento raro seja convertido em sólidas relações comerciais. Dedique seu tempo para aqueles profissionais que realmente interessam.

2 – Ir para um evento sem se planejar

Chegue com antecedência para se posicionar em local privilegiado, onde você possa ter contato visual com a maioria dos convidados. Informe-se sobre a importância do evento, quem vai estar presente, em que essas empresas podem ser úteis para você e qual a importância de sua empresa para o restante dos convidados.

3 – Ignorar a agenda do evento

Informe-se sobre o cronograma do evento. Se haverá palestras, os nomes dos palestrantes, horário do coffee break, almoço ou outros momentos de descontração. Entre uma atividade e outra, aproveite e coloque seu discurso em prática.

4 – Dar mais atenção ao celular do que na conversa

Esqueça o celular. Não existe coisa mais chata e deselegante do que uma pessoa que fica olhando o celular enquanto você fala. Ficar com o celular em mãos também demonstra ansiedade e insegurança, além de constranger seu interlocutor.

5 – Ignorar os “protocolos” de abordagem

Se a pessoa que você deseja abordar estiver disponível, apresente-se diretamente. Fale seu nome e o nome de sua empresa, lembrando-se de iniciar o contato com um sorriso e um aperto de mão. Se aquele contato interessante já está conversando com outras pessoas, aproxime-se dele aos poucos. Tente pegar um gancho no assunto e inicie uma conversa com todos os envolvidos. Se você estiver acompanhado de um colega ou amigo, isso também facilita a interação.

6 – Iniciar a conversa com um assunto fora de contexto

Fazer uma pergunta relativa ao evento ou sobre o negócio do seu contato é uma boa alternativa. Se a resposta for vaga, seja cauteloso na próxima pergunta. Mas se você sentiu receptividade, esquente um pouco mais a conversa. É importante que posteriormente, você se lembre das pessoas com quem fez contato. Uma dica é anotar no cartão de visitas uma característica, um hobby ou um comentário que a pessoa fez. Mencionar depois esses detalhes fará com que a pessoa se sinta especial e lembrada.

7 – Tentar improvisar na sua apresentação

Prepare previamente uma apresentação breve sobre você e a empresa a qual você representa. Em seguida, dê a oportunidade para seu contato fazer o mesmo. Havendo sintonia, aprofunde o assunto e fale sobre as informações que você tanto queria. Lembre-se: apresentações muito longas fazem a outra pessoa dispersar a atenção sobre você.

8 – Esperar que as pessoas venham até você

A menos que você seja o anfitrião, o palestrante ou um convidado muito importante, evite ficar parado, esperando que as pessoas venham até você. Se ainda não conseguiu falar com aquela pessoa que você deseja, circule e trabalhe outros contatos. A regra é: se você não está conversando com alguém, algo está errado.

9 – Investir tempo com o contato errado

Em eventos, geralmente temos pouco tempo para tentar conseguir um bom contato. Por isso, se você tem um objetivo específico, invista seu tempo com quem realmente possa render uma boa parceria (comercial, social, etc). Caso o papo não esteja alinhado com suas expectativas, um sincero aperto de mão e um “até mais tarde” irão lhe ajudar neste momento.

10 – Ignorar as redes sociais

Se você tem um perfil no LinkedIn, conecte-se com seus contatos. Conheça os grupos no Facebook que eles fazem parte ou curta a página daquele potencial cliente. Siga o blog do palestrante que você gostou ou daquele contato que rendeu uma boa conversa.

Já presenciou outras falhas em reuniões de networking? Conte pra gente aqui nos comentários.

Rogerio Moreira é empreendedor, fundador da AgênciaPop Propaganda, de Campinas/SP, Publicitário, Jornalista, Consultor de Marketing, Blogueiro e Especialista em Comunicação pela FGV

+ Artigos